Inteligência Emocional:
Saiba como desenvolver
as suas principais características

Um dos fatores determinantes para ter um bom desempenho profissional é desenvolver a sua Inteligência Emocional (IE) se colocando de maneira mais assertiva nas situações. O conceito de IE se refere à capacidade de gerenciar as próprias emoções e o efeito das emoções alheias em si.

Um indivíduo inteligente emocionalmente é aquele que além de ter bons relacionamentos com os colegas de trabalho consegue oferecer feedbacks e auxílio mesmo em momentos desagradáveis. Continue lendo e entenda melhor quais são os componentes da IE e como se desenvolver mais plenamente no campo emocional.

Inteligência Emocional:

Muito além dos bons relacionamentos

Como já mencionamos, a Inteligência Emocional, não pode ser definida de maneira rasa como a simples capacidade de ser agradável com as outras pessoas. Imagine um líder de equipe que é querido por seus colaboradores e tem empatia para compreender suas dificuldades, porém, que não tem jogo de cintura para dar feedbacks difíceis. É bem provável que essa equipe trabalhe com um bom clima organizacional, mas que na prática não apresente os resultados esperados.

Basicamente o que estamos dizendo é que a IE consiste em saber gerir as emoções da melhor maneira possível, o que nem sempre significa ser o sujeito agradável, ser o portador das más notícias também faz parte. Existem diferentes modelos de IE, considerando o de Goleman – um dos mais populares – temos cinco componentes que formam esse conceito: Autorregulação, Autoconhecimento, Habilidades Sociais, Motivação e Empatia.

Desenvolvendo a Inteligência Emocional

O gerenciamento das emoções pode ser aprimorado com investimento de tempo no reconhecimento dos próprios sentimentos e reações em determinadas situações. Num primeiro momento talvez você não saiba em quais componentes da IE pode melhorar. A dica é ficar atento em quais aspectos sente mais dificuldade e buscar formas de driblar essas barreiras. A seguir vamos apresentar as principais características de indivíduos com Inteligência Emocional bem desenvolvida.

– Curiosidade sobre as outras pessoas

A curiosidade sobre os sentimentos das outras pessoas é uma característica da empatia, a capacidade de se colocar no lugar do outro. Ser empático é fundamental porque oferece a visão do ponto de vista alheio, considerando os seus sentimentos e motivações para tomada de decisões. Para quem sente dificuldade em ser empático recomendamos que passe a direcionar o seu interesse para aqueles que te rodeiam.

– Capacidade de concentração

Quando está realizando uma atividade você consegue se concentrar completamente nela sem pensar nas mensagens que estão chegando ao seu smartphone ou no barulho do trânsito lá fora? Conseguir manter seu foco em apenas uma atividade é um sinal de uma forte autoconsciência e uma forma de dedicar mais qualidade a cada coisa que se faz. Se essa é uma dificuldade para você tente descobrir como se desligar do restante dos ruídos externos seja com música clássica ao fundo ou o desenvolvimento de um esquema de etapas para concluir suas tarefas.

– Conhecimento de suas forças e fraquezas

Por mais que você se esforce sempre terá pontos em que se sairá melhor e outros em que não se sairá tão bem. Uma das bases da IE é o autoconhecimento, isto é, saber em que você tem plena capacidade para acertar e em que ainda precisa de mais tempo para se desenvolver. Com esse conhecimento é possível desenvolver uma estratégia em que suas habilidades sejam aproveitadas com mais eficácia.

– Identificação dos fatores motivadores das emoções

A IE se baseia em saber gerenciar as suas emoções e para que isso possa ser feito é necessário ter autoconsciência a respeito dos fatores que motivam o nascimento dos nossos sentimentos. Basicamente isso significa saber exatamente porque se está com raiva, tristeza ou outro sentimento em diferentes momentos do seu dia. Já percebeu como algumas pessoas mudam de humor e não fazem ideia por quê?

Esse autoconhecimento te ajudará a identificar momentos-chave que podem causar grandes desequilíbrios emocionais. Ao perceber que uma situação limite está se apresentando o indivíduo que possui boa inteligência emocional consegue se preparar para não deixar que isso o desestabilize. Resolver problemas com a cabeça fria é sempre o melhor para evitar cometer erros difíceis de consertar depois.

– Identidade Moral consolidada

Pessoas que têm inteligência emocional se preocupam em se portar de maneira ética construindo um exemplo a ser seguido pelos demais. É válido dizer que todo mundo comete erros e pode remediá-los agindo corretamente em novas oportunidades que surjam. Parte da identidade moral diz respeito também ao relacionamento com as outras pessoas, a busca por ter uma convivência pacífica com os demais.

– Atenção aos demais

O ritmo do mundo moderno contribuiu para que as pessoas estejam cada vez mais autocentradas, algo bastante negativo para o desenvolvimento da IE. Enxergar e compreender os sentimentos dos outros permite ser um indivíduo mais completo. A dica é desacelerar e tentar focar em pequenas ações que possam ajudar as pessoas a sua volta. Fazer isso além de reduzir o seu estresse amplia sua capacidade de entendimento e observação.

– Não se deixa levar por emoções negativas

Indivíduos emocionalmente inteligentes não se deixam levar por emoções negativas, após sofrer um revés essas pessoas se levantam e seguem em frente. Erros são ensinamentos práticos que nos mostram o que não fazer em outra situação semelhante. Então não foque no que perdeu e sim no conhecimento que adquiriu.

– Capacidade de dizer não

Pessoas inteligentes emocionalmente são capazes de dizer não diante de situações que serão incômodas ou que lhes causarão desprazer. Se colocar em situações estressantes por não conseguir negar algo para outras pessoas é um grande impedimento para seu crescimento. Autorregulação é uma base fundamental então comece a exercitar o uso da palavra ‘não’ em alguns momentos.

 

– Motivação

Por fim uma das principais características dos indivíduos inteligentes emocionalmente diz respeito a sua capacidade de se automotivar e motivar aqueles que estão a sua volta. Estar envolvido em sentimentos negativos e dúvidas quanto a sua capacidade de realização pode comprometer não só o seu desempenho como daqueles que estão ao seu lado. Autoconfiança é um dos segredos do sucesso emocional.

 

Você considera que tem inteligência emocional bem desenvolvida?

 

Texto por Marillyn Damazio
Imagem: Designed by vectorpouch / Freepik

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *